Público  - 01 Nov 07

Câmara de Mértola apoia famílias com segundo filho
Carlos Dias


O município alega que a iniciativa pretende contrariar a tendência demográfica, em grande declínio
a As elevadas taxas de envelhecimento e a baixa densidade populacional no concelho de Mértola estão a preocupar os responsáveis da autarquia local, que se vê na contingência de fazer apelos à imaginação para travar a desertificação humana. Assim, e no âmbito do Regulamento de Apoio ao Segundo Filho, a Câmara Municipal de Mértola vai começar a apoiar financeiramente cinco famílias que tiveram o segundo filho.

Estes agregados familiares vão passar a receber conjunto de benefícios financeiros mensais ao segundo filho para aplicar em despesas médicas, cuidados básicos de educação até a criança completar os cinco anos de vida. Os apoios serão renovados anualmente e destinam-se a famílias que estejam recenseadas e residentes em Mértola.

Integrada num conjunto de outras medidas já existentes, a iniciativa pretende contrariar a tendência demográfica a que se assiste no concelho de Mértola desde há várias décadas, e que se caracteriza por um declínio profundo e progressivo da natalidade, "particularmente grave ao nível de algumas freguesias", realça a autarquia.

Os exemplos mais significativos observam-se nos lugares de Espírito Santo e São Sebastião dos Carros, onde o nascimento de uma criança "é hoje um acontecimento ocasional e por vezes distanciado em anos".