Diário de Notícias - 20 Nov 06

Cinco mortes trágicas no Dia da Memória das Vítimas da Estrada

Paula Sanchez *

 

No dia em que por toda a Europa, se celebra o Dia da Memória das Vítimas da Estrada três jovens ficaram pelo caminho de madrugada no IC19, quando o carro em que seguiam embateu com violência num muro lateral, junto ao acesso à Amadora.

O embate foi de tal forma violento que os três ocupantes do ligeiro, todos com menos de 30 anos, tiveram morte quase imediata, de nada servindo a reanimação médica tentada no local. O condutor, conhecido por Mito, foi cuspido da viatura, em que seguiam também duas amigas a quem dera boleia e que ficaram presas nos destroços.

Na berma do km 5.6, no sentido Sintra/Lisboa, oito horas após o acidente, ainda se encontravam alguns haveres das vítimas, restos do automóvel, vidros partidos, sangue e material médico usado na reanimação. Como uma amarga ironia, e exactamente em frente ao local do acidente, mas no sentido Lisboa/Sintra, um memorial de flores, assinala o ponto de uma tragédia antiga.

A equipa de investigação de acidentes de viação da Brigada de Trânsito da GNR, que esteve no local, está a investigar as causas do desastre que aconteceu numa curva ligeira. A violência do impacto deixa entender que o veículo seguia em velocidade excessiva, mas desconhecem-se os motivos que teriam originado a perda de controlo da viatura, que andou 50 metros colada ao separador central, acabando por capotar e atingir o muro lateral com violência. As marcas de travagem no asfalto fazem crer que o condutor só começou a travar após o primeiro embate no separador central.

De acordo com uma testemunha contactada pelo DN, o condutor, de nacionalidade angolana, não era o motorista habitual da viatura e, pelas quatro horas da manhã, regressava a casa, com duas amigas, vindos de uma festa numa discoteca.

As vítimas acabaram por ser identificadas no local pela companheira de Mito que, ao passar por ali, vinda de uma outra festa, pressentiu que algo sucedera. A testemunha presencial, que seguia na viatura da namorada de Mito, disse ao DN ter dificuldade em lembrar-se do sentido do tráfego já que, afirmou, "bebera algumas cervejas". Sobre Mito, a testemunha assegurou que não era habitual beber muito.

Dois mortos no norte do País

Na A29, próximo de Ovar, uma colisão entre dois ligeiros causou a morte a um homem de 27 anos. O acidente aconteceu ao quilómetro 25, pela 1.30.

Um outro acidente, ocorrido ontem, às 14.00, no IP3, em Valverde, Tondela, causou outra vítima mortal do sexo masculino. A colisão entre um veículo ligeiro e um miniautocarro, em que viajava apenas o condutor, provocou a morte de um ocupante do ligeiro e ferimentos ligeiros no outro passageiro que, contudo, recusou assistência hospitalar, segundo fonte dos Bombeiros Voluntários de Tondela. O choque provocou o derrame de um óleo de uma das viaturas, obrigando à limpeza do pavimento, o que, segundo a BT de Viseu, forçou o condicionamento da circulação até ao final da tarde. * Com David Mandim