Rádio Renascença - 16 Mar 07

 

O Aborto, o crime e a pena – Nota de Abertura da RR
 

Segundo a Imprensa, um anteprojecto de lei prevê, para o crime de aborto após as dez semanas, a substituição da pena de prisão pela suspensão provisória do processo.

Se vier a confirmar-se tal proposta, estaremos perante um facto de enorme gravidade.

Não se trata, apenas, de uma falta de respeito pelo recente referendo.

Aí prevaleceu a despenalização do aborto até às dez semanas.

Agora, despenaliza-se também depois das dez semanas.

Mais grave ainda, antes do referendo surgiram várias propostas para, continuando a considerar o aborto um crime, evitar a prisão das mulheres. Por exemplo, através da suspensão provisória do processo.

A reacção de muitos a tais ideias foi classificá-las de hipócritas, pois – diziam – não pode haver crime sem pena.

Pois são essas ideias que, agora, consideram boas para o aborto após as dez semanas.

Há que perguntar: afinal, quem é hipócrita?

A confirmar-se esta enormidade, seria uma brincadeira de mau gosto se não fosse uma séria falta de honestidade política.

RR