Jornal de Negócios - 24 Jun 08

 

Rendimento per capita dos portugueses mais distante do dos espanhóis
Eva Gaspar

 

Dados do Eurostat relativos a 2007 sugerem que a evolução do rendimento dos portugueses continua a marcar passo, mantendo-se 25% abaixo da média da UE-27. Já o dos vizinhos espanhóis voltou a crescer e está já 7% acima da média.

 

O PIB per capita dos portugueses, tido como o indicador que individualmente melhor reflecte o nível de bem-estar, voltou a marcar passo no ano passado, mantendo-se em 75% da média da UE-27.

 

Já o dos vizinhos espanhóis continuou a crescer e, para além de ter ultrapassado o dos italianos, aproxima-se a passos largos do de franceses e alemães.

 

Segundo dados hoje divulgados pelo Eurostat, o PIB por habitante em Espanha atingiu em 2007 107% da média europeia (que compara com 105% no ano anterior), ao passo que o dos franceses estagnou em 111% e o dos alemães recuou de 114% para 113%.

 

Portugal figura abaixo da média, tendo sido já nos anos anteriores ultrapassado pela Grécia e quatro dos novos Estados-membros: Chipre, Eslovénia, República Checa e Malta.

 

Se esta tendência de estagnação prosseguir, em reflexo da fraca taxa de crescimento da economia, Portugal arrisca-se a ser em breve ultrapassado também pela Estónia, que no espaço de um ano viu progredir o seu PIB per capita de 69% para 72% da média da UE-27.

 

Na liderança da tabela europeia permanece o Luxemburgo (rendimento equivalente a 276% da média), seguido da Irlanda (146%). No outro extremo, mantêm-se Bulgária (38%) e Roménia (41%).