Público, Última hora - 5 Fev 08

 

Por terem menos de 20 alunos

Quase 200 licenciaturas podem encerrar por falta de alunos

Quase 200 licenciaturas universitárias correm o risco de desaparecer do ensino superior público e privado por no final do anterior ano lectivo terem menos de 20 alunos cada uma, noticia hoje o "Jornal de Notícias" (JN).

Ao todo, são 124 cursos de instituições públicas e 61 de privadas que, nalguns casos têm apenas três ou cinco alunos, sustenta o diário, com base em dados do Gabinete de Planeamento, Estratégia, Avaliação e Relações Internacionais do Ministério da Ciência e Ensino Superior.

Entre politécicos e universidades, Portugal tem cerca de 3500 cursos dos vários graus de ensino, que vão do bacharelato ao doutoramento.

O ministro Mariano Gago, que, diz o JN, tem por princípio não financiar licenciaturas com menos de 20 alunos, já terá enviado um ofício a algumas instituições em dificuldades por escassez de alunos, sugerindo a dispensa de professores e o encerramento de cursos.

As universidades do Algarve, Évora e Trás-os-Montes foram algumas das instituições que receberam "sugestões" do Governo para encerrar ou fazer a fusão de cursos, de modo a conseguir a reabilitação económica das instituições num prazo de dois a três anos.

O Ministério de Mariano Gago propõe ainda o aumento de propinas dos alunos e a venda de património como formas de aumentar as receitas.

Para cortar nas despesas, recomenda o cancelamento de qualquer concurso para admissão de docentes, a não renovação de contratos a docentes e a redução do tempo a outros, bem como maiores restrições na concessão de licenças sabáticas aos professores.

Lusa