Jornal de Negócios - 15 Fev 06

 

Trabalhadores descontam IRS 22,4% acima do necessário
Elisabete Miranda

Todos os anos, o Estado obriga os contribuintes a descontar mais IRS do que o necessário, noticiou o Jornal de Negócios. Em 2004, o último ano que é possível apurar, as empresas retiveram na fonte mais 22,4% de impostos que o necessário, um valor sem precedentes desde que o IRS foi lançado, em 1989.

O acerto foi feito em 2005 através dos reembolsos, mas durante um ano e meio o Estado financiou-se gratuitamente, à custa dos contribuintes. A situação não é nova mas tem-se intensificado. Este ano, porém, a tendência poderá conhecer uma inversão uma vez que o Governo resolveu baixar as taxas de retenção na fonte mensais, aproximando-as mais do IRS a pagar, tal como o Jornal de Negócios noticiou na edição de segunda-feira.

WB00789_.gif (161 bytes)