Rádio Renascença - 13 Dez 06

Aborto : Famílias Numerosas contestam "Pró-Sim"                                                             (ouvir declarações)

 

A Associação de Famílias Numerosas contesta a escolha da Maternidade Alfredo Costa como palco para a apresentação de um estudo sobre a prática de aborto em Portugal.

O estudo da Associação para o Planeamento da Família é apresentado pela Associação Pró-Sim, que defende o voto "sim" no referendo de Fevereiro, e mostra que cerca de 75% dos abortos praticados hoje em Portugal teriam enquadramento legal em caso de vitória do "sim" no referendo.

Fernando Castro, da Associação de Famílias Numerosas, diz que a Maternidade Alfredo da Costa "é um berço de vida" e não devia, assim, ser utilizado "pela associação que mais se tem batido pela liberalização do aborto em Portugal".

Para Fernando Castro, o estudo em questão é "naturalmente tendencioso e vai no sentido oposto ao fim para que a Maternidade existe".

Da Direcção da Maternidade Alfredo da Costa não há ainda reacção às críticas quanto à autorização para que a Plaforma Pró-Sim utilize as instalações para a divulgação do estudo.

Sobre os resultados que vão ser divulgados, pronunciou-se já o Bastonário da Ordem dos Médicos. Pedro Nunes mostra-se surpreso e diz que se os números forem fiáveis o sistema de Saúde está a falhar.

Nestas circunstâncias, o Bastonário da Ordem dos Médicos diz ser necessário reflectir sobre "que medidas temos de tomar urgentemente para que haja um plano de protecção da maternidade e um plano de difusão da contracepção, que seja coerente e que evite uma desgraça desta natureza.